Checklist: saiba como identificar os melhores planos de saúde

7 minutos para ler

Quem preza pela saúde da família sabe da importância de ter um plano privado. Trata-se de uma segurança a mais, já que contar apenas com o SUS pode ser arriscado, em razão de suas deficiências. Ainda, não basta ter qualquer um, é preciso escolher entre os melhores planos de saúde para garantir que o serviço atenderá às suas expectativas.

E, exatamente por ele ser tão importante, é fundamental saber escolhê-lo. Para isso, devem ser considerados alguns aspectos essenciais que ajudarão você a decidir não só pelo que mais se encaixe no perfil familiar, mas também que ofereça mais benefícios e que seja de uma empresa com credibilidade no mercado.

Está pensando em contratar um plano de saúde e quer saber como identificar os melhores? Continue a leitura, que nós explicaremos para você!

Como identificar os melhores planos de saúde para a sua família?

O plano de saúde é um serviço essencial para garantir uma vida saudável. Afinal, ele assegura acompanhamento médico periódico, além de atendimento ou internação emergencial ou de urgência quando necessário. Assim poupa você de enfrentar os problemas da saúde pública no Brasil.

Mas, antes de escolher o seu, saiba identificar quais são os melhores, para ter a certeza de tomar a melhor decisão. Confira, então, o que você deve avaliar.

Tipo de plano

Em primeiro lugar, é importante deixar claro qual é o tipo de plano que se encaixa no seu objetivo para fazer uma pesquisa direcionada. Então, você deve compreender que há, resumidamente, 3 tipos de plano: individual, empresarial e familiar.

O primeiro é ideal para pessoas solteiras, que não têm companheiro ou filhos. Pois oferece cobertura de serviços de saúde apenas para o titular, não sendo possível incluir outras pessoas. Já o segundo é um tipo de plano coletivo contratado por uma empresa para seus funcionários, permitindo a inclusão de familiares como dependentes. O terceiro, por sua vez, é o serviço contratado pelo titular, para atender ele e sua família.

Portanto, se você é casado e tem filhos, por exemplo, a melhor opção é o plano familiar. Isso porque contratar um serviço para cada membro individualmente sai mais caro.

Coberturas

Além do tipo de plano, é preciso pensar nas coberturas que ele oferece. Nesse aspecto, o melhor plano de saúde para a sua família será aquele que inclua os serviços que ela possa precisar. Existem 4 tipos de cobertura:

  • plano ambulatorial, com ou sem obstetrícia: mais básico e inclui exames, consultas e terapias;
  • plano hospitalar, com ou sem obstetrícia: além das coberturas do plano ambulatorial, inclui internação;
  • plano exclusivamente odontológico: oferece apenas consulta e exames odontológicos;
  • plano referência: mais completo, com cobertura de exames, consultas, internação, terapias, tratamentos, partos e cobertura total em 24 horas após a adesão.

No caso do ambulatorial e do hospitalar, é possível escolher opções com ou sem obstetrícia, ou seja, que incluem ou não o parto. Assim, a escolha por uma das coberturas listadas dependerá do perfil familiar.

Perfil familiar

A cobertura e o valor de cada serviço variam de acordo com os atendimentos oferecidos. Se o casal pretende ter filhos, por exemplo, o ideal é adquirir um dos planos que ofereçam a assistência necessária à futura gestante, ou seja, com obstetrícia. Por outro lado, caso não exista esse desejo ou possibilidade, as opções sem essa assistência são mais adequadas.

A presença de criança na família é outro fator que vai impactar na escolha do serviço. O ideal, nessa situação, é analisar a quantidade e a capacitação dos profissionais pediatras que o plano disponibiliza aos seus usuários.

Havendo idosos a serem inseridos como dependentes, também vale levar tal fato em consideração na hora de pesquisar pelos melhores planos de saúde. Afinal, deve-se buscar aquele que conte com bons geriatras credenciados, para garantir um atendimento satisfatório.

Carência

Quando se vai adquirir um plano de saúde, alguns pontos do contrato merecem atenção especial. Um deles é a carência. Ela consiste no período que vai desde a assinatura do contrato até a efetiva utilização dos serviços pelos usuários e é de conhecimento necessário para evitar que se busque atendimento e não possa tê-lo devido a esse prazo.

Há também a cobertura parcial temporária. Nela, devido a um quadro clínico preexistente, há uma restrição quanto à abrangência de determinados procedimentos durante determinado período.

Quanto a essas questões, a lei prevê o tempo máximo que usuários devem aguardar para usufruir dos atendimentos ofertados pelas operadoras. São eles:

  • urgências e emergências: 24 horas;
  • demais coberturas: 180 dias;
  • partos: 300 dias;
  • doenças e lesões preexistentes: 24 meses.

Regiões geográficas

Analisar as regiões geográficas do plano consiste em verificar quais as localidades que ele atende. Há casos de planos com valores bem acessíveis, porém, eles restringem o atendimento a uma só cidade.

Tal situação pode ser prejudicial para pessoas que viajam com frequência, pois caso necessitem de atendimento médico quando estiverem fora do município em que residem, não poderão contar com ele. Assim, as opções que oferecem estabelecimentos e profissionais credenciados em nível nacional são mais interessantes nesse aspecto.

Reputação da empresa

Para ter uma ideia sobre o que esperar do serviço prestado pela operadora do plano de saúde, é fundamental avaliar a reputação dela. Para isso, o ranking elaborado anualmente pela Agência Nacional de Saúde (ANS) é bastante útil.

Além da qualidade, ele avalia também a situação econômica das empresas que exercem essa atividade. Há, ainda, uma divulgação trimestral dos planos suspensos por não atendimento de prazos estabelecidos legalmente.

Outra maneira de conferir a reputação da operadora é por meio da avaliação de pessoas que utilizam ou já contrataram os seus planos. Pesquise na internet as críticas, reclamações e elogios feitos por outros usuários para concluir se vale a pena a contratação.

Sendo assim, você deve ter compreendido a relevância de cuidar bem de si mesmo e da família, sendo que uma forma de fazer isso é estando com a saúde em dia e garantindo bons atendimentos em casos de necessidade. Para isso, a melhor solução é escolher para todos vocês um dos melhores planos de saúde oferecidos no mercado.

E, se antes havia dúvidas sobre como identificá-los, agora você já aprendeu os principais pontos que deve analisar. Eles incluem o tipo, as coberturas, o perfil familiar, o prazo de carência, as regiões geográficas e a reputação das empresas. Em todos eles, a Hapvida e a Amil apresentam-se como as melhores opções.

Afinal, seus usuários podem contar com diferentes tipos e coberturas, adequados vários perfis familiares, com os melhores prazos, carência e grande amplitude de atendimento. Quanto à reputação, não são necessários muitos detalhes, pois são empresas de referência no mercado. Escolhendo por uma delas, você poderá garantir o melhor para quem você ama!

Está procurando um dos melhores planos de saúde para a sua família? Então você precisa conhecer os planos da Hapvida Recife!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-